WEG destina R$ 590 milhões para modernização fabril

13/03/2014

O balanço anual da fabricante de motores WEG, divulgado no final de fevereiro, informa que a empresa prevê investir R$ 783,6 em 2014 - 75% deste montante em projetos de ampliação e modernização fabril. O valor é mais que o dobro dos R$ 265 milhões previstos para o ano passado, dos quais R$ 243 milhões foram de fato desembolsados.

Em 2013, a WEG registrou crescimento na receita líquida de 10,6% em relação a 2012. Para 2014, a companhia avalia que será mantido o processo de retomada observado no ano passado. "Em 2013, o movimento de gradual recuperação da atividade econômica mundial ficou mais claro", diz o relatório do balanço, que também aponta a retomada do dinamismo das economias desenvolvidas, enquanto as dos países emergentes perderam peso. "A grande alteração no ambiente macroeconômico brasileiro foi, sem dúvida, a tendência de gradual depreciação da taxa de câmbio, revertendo um movimento de apreciação que já durava quase 10 anos. Este é um desenvolvimento favorável para a competitividade do setor industrial brasileiro, ao lado das medidas implantadas no âmbito do Programa Brasil Maior".

INVESTIMENTOS - Em 18 de fevereiro, a empresa anunciou a assinatura de acordo para a aquisição do fabricante de motores elétricos e motorredutores Württembergishe Elektromotoren GmbH, da Alemanha. A unidade fabril ocupa área de 5 mil m², em Balingen, e emprega cerca de 80 colaboradores. O faturamento da companhia em 2013 foi de aproximadamente € 7 milhões.

Entre os investimentos já anunciados para os próximos cinco anos estão ampliações no México e na China. No México, os investimentos vão, além de expandir a capacidade produtiva local, aumentar a verticalização dos processos produtivos, tornando-o similar ao que hoje existe no maior parque fabril da WEG, em Jaraguá do Sul (SC). O projeto inclui a construção de uma fundição de ferro que atenderá toda a necessidade de componentes fundidos e usinados para todas as carcaças de motores elétricos industriais a serem produzidos no México e destinados aos clientes da América do Norte. Os investimentos planejados são de US$ 210 milhões.

Na China, a expansão prevê investimentos de US$ 135 milhões até 2020 na construção de um novo parque fabril de motores industriais direcionados ao mercado asiático, além de investimentos adicionais na unidade atualmente em operação, em Nantong.

Fonte: http://www.usinagem-brasil.com.br/8324-weg-destina-r-590-milhoes-para-modernizacao-fabril/pa-1/